domingo, 22 de julho de 2018

"A NOVA TERRA ESTÁ NAS MÃOS DOS MESTRES DE LUZ"



ARCANJO MIGUEL - "A NOVA TERRA ESTÁ NAS MÃOS DOS MESTRES DE LUZ" - 09.07.2018


Meus queridos,

Vocês estão acolhendo com muita habilidade TODAS as mudanças que estão atualmente afetando-os de modo pessoal, físico, profissional e emocional.

Muitas mudanças estão acontecendo tanto interna quanto externamente. Há vezes em que o seu equilíbrio é desafiado.

Todavia, vocês estão agora dominando as energias que invocaram para apoiá-los nessas novas etapas.

Disseram muitas vezes que vocês estão se TORNANDO MESTRES – essa afirmação é mais verdadeira agora do que nunca.

Vocês passeiam na paisagem energética com habilidade e precisão, reconhecendo que a cada novo dia estão se aproximando mais dos seus objetivos.

Um dos seus talentos da Mestria é o PERDÃO – uma parte enorme das energias. Perdoar a si mesmos e depois aos outros.

Aprender a reconhecer quando é o momento de “liberar” e apenas PERMITIR é outro do seu conjunto de habilidades.

Recentemente muitos vocês foram “desafiados” física e emocionalmente a liberar tudo o que não lhes serve mais. Isso lhes permite a liberdade para render-se e deixar aquilo que precisa ir ser liberado de volta para TUDO O QUE É – nunca foi seu para que o mantenham, em primeiro lugar – contudo, velhos hábitos são difíceis de ser liberados.

Durante este período de transformação, vocês estão curando não só esta linha do tempo, mas também as linhas geracionais do passado. O que vocês estão fazendo agora afeta o futuro assim como o passado. Uma cura importante está ocorrendo. Por causa de VOCÊS.

Vocês estão agora aprendendo a se honrar – colocando-se em PRIMEIRO LUGAR – sem se sentir “culpados” sobre ser egoísta.

Colocar-se em PRIMEIRO LUGAR e ter compaixão em relação a TODOS, é a Mestria.

Perdoar a si mesmos é Mestria e vocês estão agora percebendo os benefícios de fazer isso.

Perdoar aos demais lhes permite um outro passo em sua Mestria,  quando vocês conseguem fazer isso com amor e compreensão por tudo o que aconteceu, incluindo seu “papel” nessa transgressão. Permitindo que a vitimização deixe de fazer parte de sua história. Eis a MESTRIA DERRADEIRA.

Vocês não conseguem perceber o quanto progrediram?

E tudo isso em um período de vida relativamente curto. Algumas lições que vocês atravessaram poderiam levar antigamente muitas existências, e agora vocês TODOS estão no caminho mais rápido para limpar e purificar muito, não só desta existência, mas de muitas vidas passadas também.

Vocês estão se transformando tanto, que em outro tempo teriam dado muitas voltas em torno do Sol.

Por falar em Sol – o Grande Sol Central, que tanto os presenteou, agora está acelerando a quantidade de LUZ que é disseminada para suas células, mudando o DNA de forma mais eficaz.

Tudo dentro e fora de vocês, cada elétron, é intensificado pela capacidade que vocês têm de absorver a LUZ que flui, trazendo as mudanças e permitindo que vocês progridam em seu caminho.

Meus queridos, observamos com reverência a transformação que está acontecendo, observamos, enquanto vocês aprendem as lições da Mestria de modo mais rápido, com tanta facilidade.

É um deleite saber que tudo o que vocês aspiraram antes de encarnar nesta existência muitíssimo auspiciosa está se concretizando.

Vocês estão testemunhando diariamente quão rápido vocês se movimentam em direção à sua meta de PAZ, ABUNDÂNCIA E BEM-ESTAR – sabendo perfeitamente que VOCÊS orquestraram esses tempos contra tremendas probabilidades.

Quando se decidiu que LUZ poderia ser devolvida ao Planeta e que VOCÊS seriam os instigadores de tal coisa – fizemos um acordo para caminharmos ao seu lado. Vocês sabiam que nós não poderíamos ‘fazer isso por VOCÊS’, visto que vocês precisavam estar encarnados, portanto, aqui estão vocês, plenamente encarnados, bagagem incluída (mas agora sendo liberada). Vocês são verdadeiros SERES DE LUZ, percebendo finalmente o seu pleno potencial. Vocês estão se LEMBRANDO DE QUEM VOCÊS SÃO E PORQUE VIERAM.

O potencial que vocês encarnaram estava completamente escondido de vocês, e, como um quebra-cabeças, vocês eram obrigados a colocar cada peça na posição até concluir.

Vocês são verdadeiramente SERES MESTRES, meus queridos, Mestres do “Jogo da Vida”.

Vocês estão agora se preparando para estabelecer o Lar em uma nova arena, uma Nova Terra. O Tabuleiro do Jogo da quinta dimensão e além está esperando que vocês coloquem sua Mestria outra vez.

Meus queridos, como sempre, ficamos ao seu lado, de mãos dadas e corações aconchegados, conforme assistimos ao fim do velho jogo, enquanto um jogo inteiramente novo avança com graça.

A Nova Terra está nas mãos dos MESTRES DE LUZ.

Bem-vindos ao LAR, queridos Anjos.

E assim é.

EU SOU ARCANJO MIGUEL.

Auxilie curtindo e compartilhando essa publicação no rodapé da postagem, para que ela possa alcançar cada vez mais Sementes! Gratidão! ❤

Canal: Leslie-Anne Menzies (leslie-anne@angelstoinspire.com.au)
Fonte primária: www.angelstoinspire.com.au
Fonte secundária: Blog Adavai
Tradução: Ivete Adavaí – adavai@me.com – www.adavai.wordpress.com
Veja mais mensagens do Arcanjo Miguel Aqui
http://www.sementesdasestrelas.com.br/2018/07/arcanjo-miguel-nova-terra-esta-nas-maos.html


"Curar A Partir De Um Ponto De Vista Correto"

 

Hoje em dia há uma enorme necessidade de cura! A pergunta que se impõe é: como melhorar a saúde das pessoas? Como estancar a proliferação de doenças? A Ciência Cristã aborda esses problemas de maneira espiritualmente científica, a partir de uma base sólida., que alcança resultados práticos. Sendo a Ciência que Cristo Jesus demonstrou, em suas curas extraordinárias, ela nos capacita a seguir o exemplo do Mestre, vencendo , por meios espirituais, a doença e o pecado.

Que maravilha é compreender que aquilo que o mundo procura está aqui, à nossa disposição, agora mesmo! Portanto, a cura espiritual pode ser pesquisada por qualquer um de nós. A Sra. Eddy diz: A cura metafísica, ou a Ciência Cristã, é uma exigência desta época. Todo o homem e toda a mulher passariam a desejá-la e exigi-la, se conhecessem seu valor infinito e sua base segura”.

Chegamos ao âmago desse grandioso assunto, a cura espiritual, quando partimos do ponto de vista correto. Isso significa que começamos com Deus, em vez de começarmos com a doença ou com qualquer outro problema. Portanto, o ponto de vista correto é espiritual, não material.

O pensamento materialista, por sua própria natureza, aceita a matéria como real e substancial. Por isso, ele parte da premissa de que as condições físicas, inclusive o pecado e a doença, sejam realidades concretas. No entanto, por mais que essa opinião prevaleça entre o gênero humano, tal raciocínio não oferece uma base segura para a cura. Por quê? Pergunte-se: “Pode algo real tornar-se irreal? Podemos nos desfazer de algo que seja real? Podemos curar a realidade?”

Consideremos, porém, uma abordagem espiritual para a discórdia. Podemos encarar a cura a partir do ponto de vista daquilo que Deus, o Espírito, vê e sabe. A Mente onisciente, que é Deus, está cônscia somente de sua própria totalidade, de sua própria perfeição e glória. Dessa forma percebemos que a cura espiritual pela Ciência Cristã começa com o reconhecimento da totalidade e da supremacia do Espírito. Em Ciência e Saúde, a Sra. Eddy explica: “O ponto de partida da Ciência divina é que Deus, o Espírito, é Tudo-em tudo”, e que não há outro poder ou outra Mente – que Deus é Amor, e por isso, Ele é Princípio divino”.

Segue-se que a totalidade de Deus é o ponto de partida correto para tudo o que pensamos ou fazemos. Assumir essa posição nem sempre é fácil, mas é de suma importância. À medida que cultivamos a espiritualidade, passamos a perceber, cada vez mais, através das lentes do Espírito, a onipotência e onipresença de Deus. A compreensão da supremacia do Espírito atua como uma lei de cura imediata.

A oração científica – baseada na totalidade de Deus – ajuda-nos a ver a falácia de se aceitar a discórdia como um fato, para depois tentar nos livrar dela. Constatamos que não é preciso aceitar a doença, ou o sofrimento, como reais. Devemos vê-los como de fato são: uma “sugestão mental agressiva”, que diz haver algo mais, além da totalidade de Deus. Toda discórdia é um conceito falso de que Deus não seja Tudo-em-tudo.

Sem dúvida, o sofrimento parece muito real. A Ciência Cristã, porém, ajuda-nos a encontrar o caminho da libertação. Quando percebemos claramente que a dor é, de fato, uma manifestação da mente carnal ou mortal, e não a realidade do ser, ela não consegue nos amedrontar. A dor é uma espécie de sonho do qual podemos despertar pelo reconhecimento da totalidade do Espírito e da nulidade da matéria.

Se não estivermos alerta, porém, a dor tentará hipnotizar-nos. Ela procura privar-nos de nossa capacidade de pensar claramente, tentando-nos a procurar alívio do sofrimento a qualquer custo. Cristo Jesus disse: Ninguém pode entrar na casa do valente para roubar-lhe os bens, sem primeiro amarrá-lo, e só então lhe saqueará a casa”. A dor não tem o poder de mesmerizar-nos, quando compreendemos que ela é uma ilusão da mente mortal e não a realidade do ser. Devemos procurar manter controle sobre o pensamento, rejeitando todos os argumentos da assim chamada mente mortal. Eliminamos a dor, apoiados numa base científica, quando reconhecemos sua natureza mental fraudulenta e aceitamos a totalidade da Mente divina única.

A evidência dos sentidos dá crédito à crença de que a vida esteja na matéria. No entanto, nossas orações pouco a pouco nos revelam que o homem vive no Espírito, Deus. Portanto, reconheçamos a dor pelo que ela é: uma falsa crença, uma sugestão mental agressiva de que exista algo separado de Deus.

Em vez de sucumbir a todas as queixas de um corpo doente, devemos apegar-nos ao que é divinamente verdadeiro. Queremos ver o que Deus está vendo. Então seremos capazes de substituir o irreal pelo que é real. Conseguiremos ver a doença e o pecado serem substituídos pela saúde e pela santidade.

A alegria de curar emana do raciocínio correto e da profunda compreensão espiritual. Na Ciência divina trabalhamos com o Espírito, não com a matéria ou com as condições materiais. Em vez de diagnosticar, modificar ou remendar matéria, compreendemos que o Espírito é a única substância genuína, e que o homem reflete a perfeita substância do Espírito. O ponto de vista correto para nossas orações é sempre começar com Deus, não com o problema ou com o sentido físico.

Será que o leitor já notou com que frequência somos tentados a encarar todas as coisas do ponto de vista de nosso próprio sentido pessoal, ou seja, a partir do que nós pensamos sobre Deus, ou de como nós nos sentimos? Muitos já devem ter se apercebido de quão desastroso é o pensamento que gira em volta do “eu”. Começa com “meus problemas”, “minha dor”, “meu corpo”, “minha família”, e nos faz cair inadvertidamente numa armadilha sutil, qual seja, a de aceitar os problemas como pessoais e, portanto, como reais e plausíveis. Em vez de nos curar, essa forma de pensar tende a sustentar a ilusão de que somos seres materiais, vítimas das circunstâncias.

Cada um de nós, no entanto, pode provar que a cura se segue à compreensão de que Deus é a única causa, e que o homem é Seu resultado perfeito. A Sra. Eddy escreve: A Ciência Cristã é absoluta; não está aquém do ponto de perfeição, nem está avançando para ele; ela já está nesse ponto de perfeição e precisa ser praticada a partir daí. A menos que compreendas plenamente que és filho de Deus e, portanto, perfeito, não tens Princípio para demonstrar nem regra para demonstrá-lo. Com isso não quero dizer que os mortais sejam filhos de Deus – longe disso. Ao colocar a Ciência Cristã em prática, precisas enunciar seu Princípio corretamente, caso contrário, perdes a capacidade de demonstrá-lo”.

Todos nós podemos aprender a mentalmente mudar de marcha. Em vez de lutar pela perfeição como um objeto distante, podemos aprender a começar com a criação espiritual de Deus e reconhecer que já somos ideias perfeitas dEle. Esse modo revolucionário de pensar pode fazer maravilhas em nossa vida.

Poe exemplo, vi claramente a praticidade da oração que começa com Deus, quando morava num bairro residencial onde havia outras famílias como a minha.

Uma vizinha, que sabia ser eu Cientista Cristã, telefonou-me certo dia e pediu-me para ir à sua casa. Logo percebi que ela estava com muito medo. Poucos dias antes, seu filhinho, ainda bebê, fora repentinamente acometido de meningite, e morrera. Agora a filha apresentava os mesmos sintomas e, como os esforços médicos não haviam curado o bebê, a mãe estava, naturalmente, muito assustada.

Enquanto caminhava até a casa dela, eu orei. Não apenas para superar meu próprio medo, mas com o desejo de realmente ajudar. Senti, no íntimo, a necessidade de expressar a coragem e a convicção sanadora de Deus – de reconhecer a presença sanadora do Cristo naquele lar.

Ao chegar, encontrei a menina prostrada, encolhidinha no colo da mãe. Em silêncio, conseguimos sentir o terno amor de Deus. Logo depois começamos a ler a Bíblia. Alguns trechos de Salmos deram-nos a certeza da presença sanadora de Deus, envolvendo-nos num sentido sagrado de consolo e segurança. Oramos juntas. Repetimos a Oração do Senhor várias vezes, imbuindo-nos de seu espírito, sentindo seu poder.

Depois, repeti a “exposição científica do ser”, de Ciência e Saúde, o livro texto da Ciência Cristã. Dessa forma estabelecemos no pensamento consciente a totalidade da Mente e sua manifestação, e a consequente espiritualidade e perfeição do homem.

Enquanto continuamos a orar e nos aferrar a esses fatos científicos, perguntei-me: “E agora?” A resposta logo veio: “O que é que Deus está vendo? A perfeição, sem dúvida nenhuma! Causa perfeita, efeito perfeito”. Convicta disso, perguntei à menina: “Meu benzinho, você gostaria de vir comigo até minha casa?” Ela pulou do colo da mãe para trocar de roupa e veio comigo. Esse foi o fim do problema. Houve profunda gratidão e alegria de todos os lados.

Essa experiência inspiradora nos mostra que recuperar a harmonia pode ser algo simples e natural, quando aceitamos plenamente a presença e o poder de Deus. O Cristo vivo havia penetrado naquele lar com domínio e autoridade divina, desalojando o medo de uma nova tragédia.

Quanta coragem você e eu podemos auferir, ao constatar que o pensamento do Cristo substitui a discórdia com a harmonia ininterrupta do ser! A cura não necessita de tempo para ocorrer. Ela acontece quando aceitamos e compreendemos a totalidade de Deus. A luz do Cristo, a Verdade, é imediata, e revela a perfeição de Deus e do homem como Seu filho amado.

Podemos, portanto, afirmar que a cura na Ciência Cristã decorre de reconhecermos e admitirmos a perfeição da criação espiritual de Deus, presente agora mesmo. Essa maneira de pensar, que está de acordo com o Cristo, suplanta o mero pensamento positivo ou fé cega. Trata-se de compreensão espiritual, que exige que cultivemos as qualidades espirituais que emanam da consagração e da devoção ao Deus único. PRECISAMOS TOMAR A CRUZ DA DEDICAÇÃO A ESSA TAREFA.

Os dias de hoje clamam pela aceitação da cura espiritual, que ocorre mediante a compreensão de que a vida não é carnal, mas espiritual. Os ensinamentos da Ciência Cristã oferecem a solução para a luta da humanidade com o materialismo e pelo sofrimento dele resultante. Na verdade, os dias de hoje estão forçando uma abordagem melhor, uma maneira mais espiritual de resolver nossos problemas. No oitavo capítulo da Epístola aos Romanos, Paulo mostra como é a vitória, quando deixamos de lado um sentido carnal de existência, em favor de um ponto de vista divino. Diz ele: Os que se inclinam para a carne cogitam das coisas da carne; mas os que inclinam para o Espírito, das coisas do Espírito. Porque o pendor da carne dá para a morte, mas o do Espírito, para a vida e paz”.

Cultivemos, portanto, a capacidade de perceber a perfeição que Deus vê e conhece. Em vez de tentar mudar a imperfeição para torná-la perfeita, compreenderemos que a causa perfeita deve ter um efeito perfeito. Não nos deixaremos mesmerizar, aceitando a discórdia como se fosse real, nem seremos vítimas da discórdia. Veremos que somente o que é espiritual é real e que, apesar das informações agressivas que os sentidos físicos oferecem, tudo está verdadeiramente bem. Com essa oração seremos capazes de trazer à tona a perfeição. Veremos os resultados curativos da oração que se firma na totalidade de Deus – no ponto de vista correto.

 
Transcrito de O Arauto da Ciência Cristã – Junho 1995
 
 http://fachodeluz.blog.br/wp/

"Quantos sãs os corações?"

  Consideremos alguém que,  tendo trabalhado em sua profissão o dia todo, chegue à noite em seu quarto, se deite, durma e comece a sonhar. No sonho, em vez de se ver na sua casa, continuasse ele imaginando ver o  mesmo cenário em que se via antes, que era o seu ambiente profissional. E então, ele se percebesse, no sonho, sendo participante de uma “reunião da diretoria”,  ali emitindo opiniões e dialogando com os demais   funcionários presentes: A PERGUNTA É:  DE “QUANTOS CORAÇÕES” DISPUNHA TAL “ALGUÉM”?  O QUE BATIA EM SEU PEITO, NO QUARTO, MAIS O QUE LHE BATIA NO PEITO, NA “REUNIÃO DO SONHO”?

Se respondermos pelo “referencial da verdade fenomênica”, UM  SÓ CORAÇÃO seria a resposta, uma vez que O CORAÇÃO que lhe batia no peito naquela “reunião” somente APARENTAVA estar presente, enquanto durasse o seu sonho!

Acordado, mesmo que se lembrasse claramente do sonho todo, JAMAIS acreditaria que tivessem existido a “reunião”, a “vida dele” na reunião, e o “coração dele”, batendo no peito DAQUELE que “se fazia passar por ele” na reunião! Desse modo, pelo “referencial da verdade fenomênica”, todo o “cenário”, aparentemente “visto” no sonho, era ILUSÃO!  Portanto, nunca teria existido AQUELE que se fazia “passar por ele” na reunião ilusória!

Quando esta analogia for entendida, cada um procurará se libertar do “referencial terreno”, vendo-o como “sonho”, e o REFERENCIAL DO ABSOLUTO poderá ser  por ele conhecido e reconhecido. Assim, o que disse Paulo será corretamente posto em prática: Despojai-vos do velho homem e  de seus feitos”.

ASSIM COMO NÃO HAVIA VIDA NO “CENÁRIO DA REUNIÃO DO SONHO”,  TAMBÉM NÃO HÁ VIDA NO “SONHO” CHAMADO POR JESUS DE “O MUNDO DO PAI DA MENTIRA”..

A maioria, acreditando na ILUSÃO de “vida na matéria”, prefere adotar ensinamentos que endossem a ILUSÃO, e que a leve às supostas  “realizações terrenas”,  CEGANDO-A PARA A VERDADEIRA  REALIZAÇÃO INDIVIDUAL, QUE É TER O CONHECIMENTO DA VERDADE  de que “DEUS É TUDO”, e que “SOMOS UM COM ELE”!

Aquele que “busca a Verdade” em primeiro lugar, conhecendo-se como HERDEIRO DE TUDO QUANTO DEUS POSSUI, também  SE VERÁ SUPRIDO PELOS “BENS VISÍVEIS”, QUE LHE VIRÃO “ACRESCENTADOS”.

Pobres tereis sempre, mas a MIM não!” – disse Jesus. Explicava a “avalanche” de sugestões mentais contrárias à Verdade que assola a humanidade na maior parte do tempo, e alertava  para que QUALQUER LAMPEJO DA PRESENÇA DE DEUS, PERCEBIDO POR ALGUÉM,  deveria ser enaltecido,   bem cultivado, cuidado e vivificado, para que NÃO FICASSE PERDIDO em meio ao turbilhão de “CRENÇAS MATERIALISTAS”! 

Os “pobres”, portanto, são aqueles identificados com “integrantes do sonho”, acreditando “nele terem vida”, e, com isto, vivendo  ILUDIDOS o tempo todo, e sem saber que ESTARÃO SEM “MIM”,SEM A CONSCIÊNCIA DE QUE O CRISTO É TUDO EM CADA UM”!

Grave bem: VOCÊ SOMENTE POSSUI “UM CORAÇÃO”, espiritual, eterno e perfeito! Em vista disso, terá de se despojar da CRENÇA de que EXISTA “CORAÇÃO” NO ILUSÓRIO “EU” QUE APARECE EM SEU SONHO, E, TAMBÉM, DA CRENÇA de que EXISTA “CORAÇÃO” NO ILUSÓRIO  “EU” QUE APARECE COMO “VOCÊ SONHANDO”!

DEUS É TUDO! E DEUS É O “ NOSSO CORAÇÃO”, O  QUE REPRESENTA NOSSO “ENTENDIMENTO ESPIRITUAL DA VERDADE” , E NOSSO “LIVRAMENTO” DAS CRENÇAS DO MUNDO!

 *


http://fachodeluz.blog.br/wp/

sábado, 21 de julho de 2018

SENTE ALGUM DESCONFORTO?


Arcanjo Gabriel: SENTE ALGUM DESCONFORTO?


Mensagem Diária do Arcanjo Gabriel
10/07/2018
Através de Shelley Young

É muito comum querer manter o controle quando você se sente desconfortável. Mas o seu desconforto está lhe dizendo que você está em resistência a algo, e buscar o controle seria cavar mais fundo àquela resistência, o que apenas perpetuará esse desconforto.

O que você está realmente procurando quando está desconfortável, é a aceitação e a vontade de se mover nas energias com fé e confiança.

Seu controle, embora pareça ser tentador buscar a segurança que a ação controladora parece dar, só pode oferecer resultados limitados, porque falta o fluxo e a disposição de seguir sua alma até onde ela está tentando levá-lo.

Encontrar a aceitação em cada momento do Agora e sair de dentro da cabeça e ir de volta ao coração, e é a única maneira pela qual você pode realizar suas maiores oportunidades e experiências.

Isso se tornará mais e mais aparente e importante à medida que você avançar em sua jornada de esclarecimento.

Nós pedimos que você pratique, tente novas formas autorizadas de navegação baseadas na co-criação, tendo a disposição de permanecer com fé e confiança pelo tempo suficiente para ver quais as dádivas o desconhecido poderá lhe trazer.

Essa é uma habilidade de grande importância para você e  todos vocês, pois vocês são os pioneiros da próxima grande fase de suas expressões de vida, e aceitar a sua própria sabedoria e a sabedoria do Universo, são a base do movimento para a frente com graça, tranquilidade, conforto e Paz ~

Arcanjo Gabriel
Através de Shelley Young

Fonte: Trinity Esoterics
Ca$nal: Shelley Young - Sudbury, Ontario, Canada
Website: http://www.trinityesoterics.com
https://www.facebook.com/trinityesoterics/

Traduzido por Adriano Pereira
Manaus/Amazonas
blogluzevida@gmail.com

Luz, Amor e gratidão 
 ҉

http://blogluzevida.blogspot.com/2018/07/arcanjo-gabriel-sente-algum-desconforto.html

“QUANTAS VIDAS VOCÊ VIVE AGORA?”




 

ASHTAR - “QUANTAS VIDAS VOCÊ VIVE AGORA?” - 16.07.2018


Por favor, queridos, leiam na sintonia dessa música abaixo. Eu particularmente recomendo que coloquem a música em uma altura agradável e leiam em seguida a mensagem em voz alta. Poderão sentir maravilhosas vibrações de luz em seus corpos. 



-----------------------------------------------------------------------------------

Saudações, Família!

É bom estar aqui mais uma vez. Rápida mensagem? Talvez essa seja uma rápida mensagem. Bem, talvez seja, mas vocês a lerão mais de uma vez, isso eu tenho certeza! Vocês costumam fazer isso, e me digam: todas as vezes que vocês leem uma mesma mensagem, ela sempre é nova, não é mesmo? Por quê? Oh!… Mudança constante, rápida, ininterrupta! Vocês se elevam a cada segundo.

Queridos, temos batido na mesma tecla há alguns meses sobre as profundas transformações que vocês têm enfrentado, as ricas e edificantes transformações que têm elevado seus estados de consciência, consideravelmente, e garantido que alguns protocolos que estavam engatilhados fossem disparados. Isso é bom! Isso é muito bom, pois possibilita muitas coisas acontecerem mais rapidamente, eficientemente, precisamente.

Há poucos dias, falamos dos 10 anos em 10 meses. Falamos dos seus padrões de sono, de sua alimentação e dos vários ajustes biológicos que estão passando. Mas, claro, não para por aí. Vocês, literalmente, estão vivendo várias vidas em uma única. Várias experiências que vocês em outras épocas experimentariam pausadamente e em várias vidas separadas, estão acontecendo agora. QUANTAS VIDAS VOCÊ VIVE AGORA? Seria um bom título para essa minha mensagem. Queridos! Mais, muito mais do que possam imaginar - e não estou falando das multirrealidades paralelas - estou falando do AGORA, sua vida agora, neste momento, o você de agora. Quanta coisa tem acontecido! Quantas experiências, quantas mudanças incríveis estão experimentando! Hoje, na sua vida de hoje, vocês acordam de um jeito, vivenciando milhares de coisas. No meio da tarde, outra miríade de coisas completamente diferentes e, às vezes, “às avessas” do que haviam experimentado pela manhã! E o que é mais interessante: às vezes, o que experimentam pela manhã, vocês gostam; visualizam o que poderia acontecer à tarde e dizem que jamais gostariam das experiências da parte da tarde. E... Adivinhem? Chega à tarde e vocês estão experimentando o que disseram mais cedo que não gostariam... E mais: ESTÃO AMANDO! E mais ainda, estão dizendo que não voltariam a experimentar o que experimentaram pela manhã, pois amam o que fazem “agora à tarde”. E adivinhem, de novo? À noite, o que experimentaram pela manhã se repete. E... Adivinhem? Vocês gostam de novo! Isso é magnífico! Vocês entendem?

Não se envergonhem se mudarem de opinião várias vezes, pois vocês, simplesmente, têm esse direito! Deem esse direito a si mesmos! Simplesmente, vocês podem gostar de algo agora e no minuto seguinte não gostar mais, e no seguinte voltar a gostar... E não há nada errado nisso! Por quê? Porque, simplesmente, são múltiplas experiências em uma única. Vocês quiseram isso! Quiseram fazer várias coisas em uma única existência. E vocês fizeram algo ainda mais ousado. Durante suas muitas vidas passadas, movimentaram energias que precisavam ser re-experimentadas e ajustadas a padrões mais sublimados, o chamado Karma. Aí, alguns “inimigos” destas velhas épocas estavam na “fila” para lhes cobrar algum acerto e eis que vocês, audaciosamente, disseram: “Bem, eu tenho que resolver isso, não é mesmo? Ok… Que seja rápido”. Muitas dessas energias Kármicas foram liberadas em ondas, em quantidades muito maiores do que o normal, e vieram… Vieram ao encontro de vocês “sem dó”, pois simplesmente vocês pediram. E eis que vocês nessa única vida estão lidando com fardos kármicos de várias vidas passadas, e que o planejamento primário era que cuidariam disso, mas com tempo estendido, para não “pesar muito”. Oh! Esquecemos que para vocês não existe isso de “tempo estendido”! Vocês, VOCÊS QUE SÃO VOCÊS, querem e conseguem resolver muita coisa, o mais imediato possível! E aí estão liberando processos kármicos em uma única vida! Reis, rainhas, príncipes, princesas, senhores e senhoras de escravos, capitães do mato, generais, inquisidores… Resquícios de velhas vidas, velhos traumas, velhas dores, velhas cobranças, e eis que vocês assumem todos os pontos a serem alinhados na Luz. Resolutos, ancoram tanta energia em seus corações, que tudo se unifica na força do Amor.

Não esperem para amanhã o que podem resolver agora. Não estendam demasiado situações que podem ser resolvidas JÁ, IMEDIATAMENTE. Não perpetuem dor, incerteza, amargura, desconfiança. Tragam o Amor, a certeza no positivo, a doçura e a Fé. Tragam aquilo que de melhor vocês têm em seus corações e vivam esse exemplo elevado. Vivam experimentando cada novo momento, mesmo que esse novo momento dali a alguns minutos não os agrade mais, e partam para o próximo. Mesmo que depois voltem ao momento anterior com a experiência anterior, e tornem a gostar, não importa! Vivam cada experiência! Não seria demais também dizer que em 24 horas dos seus dias, vocês vivem o mesmo que 24 vidas, e com todas as suas experiências bem ativas. Tudo isso, todas as coisas aceleradas foi a única forma que encontraram de conseguir dar mais saltos simultâneos e adquirir mais experiências edificantes. Vocês sabiam que o tempo de dualidade estava findando na experiência chamada Terra, e trataram de acelerar e “empilhar” várias coisas de uma vez simplesmente dizendo: “Eu estou pronto, vamos, vamos, vamos! Não tenho tempo a perder!”

Até parece que ouço alguns reclamarem: “Oh, mas tudo acontece comigo ao mesmo tempo, não tenho sossego! Este ou aquele me persegue! Quando penso que terei sossego em uma situação, me aparece outra; quando penso que uma coisa estava resolvida ela volta a me atormentar! Oh, onde está Deus nisso!?” Oh!… Deixem-me dizer: está bem aí, entregando o que pediu. Agradeça! Foi você quem pediu. Eu não diria se não fosse verdade. E você sabe que pediu, tanto que está lendo essa mensagem agora, e vai lê-la mais de uma vez, eu garanto (risos)! Por que vocês acham que não desistem das “coisas difíceis”, por mais que elas lhes pareçam insuportáveis? É simples! VOCÊS SABEM QUE PEDIRAM! E mais: sabem que ali é a sua ELEVAÇÃO! A forma como você lida com “aquilo” é o que elevará (ou não) a sua consciência. Por isso, vocês são resolutos!

E alguns ainda vão mais longe: “Deus não me ajuda, não me ama… Deus não se importa comigo!…” Deixem-me dizer-lhes: não estamos sendo irônicos, mas rimos quando vocês dizem isso! Você fala com Deus como se ele fosse algo à parte de você! Oh… Você é ELE. Então, quando diz isso, está dizendo para si mesmo, querido! “Eu não me ajudo, não me amo, não me importo comigo.” Oh!… E como é um Criador, você cria isso para si. Saia dessa linha. Isso é a única coisa que “eles”, aqueles de quem eu estou encarregado de cuidar, amam quando vocês fazem! Eles querem que se sintam assim, pois assim conseguem atrasar seus próprios planos.  A única forma que eles conseguem ter um acesso mais direto a vocês, é quando se rebaixam. Aí eles os usam e, literalmente, vocês atrasam. E sabem o que acontece quando vocês atrasam os planos? Adivinhem? Um outro você, de outra expressão, vem e empurra-o, à força, para a frente! “Ande! Ande! Ande já!” E aí você vem e diz: “Oh… Ando tendo sonhos onde estou correndo sem parar, e não vejo o final da estrada”… Adivinhe, de novo: é você tentando acompanhar a LINHA IDEAL. Então, queridos, nas múltiplas vidas em uma única, VIVAM! VIVAM! VIVAM E NÃO ESMOREÇAM! É a sua grandiosa oportunidade de expandir! Já disse antes:
Mantenham a calma! Continuem segurando o volante.

Eu estou garantindo que vocês consigam tudo que precisam, já lhes disse. Então, não se preocupem! Oh!… Meu amado canalizador fez uma pequena intervenção aqui me questionando sobre algo em particular. Querido Gabriel, deixe-me dizer-lhe: sim, você vai conseguir! Oh! E ele me dá uma deixa para falar mais algo! (Risos). Vocês sonham com algo, querem muito algo, desejam ardentemente algo! Digamos que vocês querem construir algo lindo, maravilhoso, encantador! Digamos que vocês querem materializar, no físico, um sonho! Por exemplo: construir um castelo para abrigar muitos, para curar muitos, para assistir muitos em suas questões, e eis que nos pedem ajuda. Oh, sim! Pelo menos, a maioria de vocês pede ajuda. Isso é bom! Pelo menos, não nos sentimos tão sós, pois estamos aqui para servir e, às vezes, gostamos de ser solicitados a ajudar. Sim, gostamos muito! (Risos). Então… Eis que começamos a enviar ajuda, a mover as peças para que aquilo que você sonha/sonhou comece a se tornar realidade. Aí, pessoas “inesperadas” começam a aparecer em sua vida, recursos financeiros inesperados, ou não, começam a aparecer. Pessoas oferecem “seus tesouros” para colaborar com o seu plano e, de repente, você diz: “Oh… não sei se posso aceitar. Não quero incomodá-lo(a)!” Oh! Sério? Não quer incomodar (risos)? Queridos, deixem-nos ajudar! Apenas façam a sua parte. Deixem que nós movamos as peças para que tudo aconteça. Apenas estejam receptivos! Recebam! Tudo que vem de alguma forma para as suas mãos é seu! E, claro, tudo que sai não é seu. Só estejam abertos. Aconteça o que acontecer, estejam abertos.

Meus queridos, é uma boa mensagem! Curta mensagem, e eu disse que será lida muitas vezes por vocês. Leiam-na, pelo menos mais umas 30 vezes antes do final do ano. E cada vez que lerem, façam observações, anotem. Quando lerem de novo, façam novas observações, e assim por diante. Quando forem ler as observações de cada leitura, vocês se surpreenderão! Oh, isso é muito interessante! Estejam prontos para os movimentos seguintes. Só precisam continuar com as mãos no volante! Vai ser divertido! Vamos!

Eu os amo infinitamente e sou eternamente grato por poder contar com todos vocês, nestes tempos. Grato por, em todos os Conselhos, poder levar o que vocês estão fazendo na Terra e apresentar como algo épico! Que orgulho! Não poderia estar mais confiante! Como sempre, por que EU confio em vocês? Bom…
VOCÊS SÃO VOCÊS, E ISSO É O BASTANTE!

E assim é.

Bênçãos!

Seu irmão,

Ashtar.
Gabriel: Muito grato, amado Ashtar.

Auxilie curtindo e compartilhando essa publicação no rodapé da postagem, para que ela possa alcançar cada vez mais Sementes! Gratidão! ❤

Mantra de Ashtar Aqui
Veja mais canalizações minhas Aqui
Veja mais mensagens de Ashtar / Comando Ashtar  Aqui 
Revisão de texto: Marilene P. Costa  e Solange Yabushita 


Linkwithin

Que o seu fim de semana seja mágico!!!








A oração silenciosa é um reconhecimento de Tudo o que É
Recorde e Brilhe
As Portas dos Mundos se abrem,Filhos das Estrelasdespertai!Gaia vos chama: despertai!

...e, num ápice...



 

AGORA



As portas da Percepção

abriram-se






  

e tudo aparece como de facto

É

(Diria)


William Blake




 Haverá algo mais verdadeiro
Do que reinventar
A realidade?

Einstein



 A fim de mudarem um paradigma existente, não se esforcem porMUDAR o modelo problemático.
Criem um novo modelo e tornem o velho,
Obsoleto.
Isto, em essência, é o maior serviço ao qual estamos sendo chamados.

Buckminster Fuller
     


Nós não estamos AQUI para produzir; rentabilizar; "barGANHAR" ou convencer alguém seja do que for.
Nós estamos na Terra par nos revelarmos a nós mesmos eAJUDAR outros a fazê-lo.
Nós estamos na Terra para Glorificao que sempre existiu, existe e sempre existirá:
A CRIAÇÃO PERFEITA DO UM

Áurea

Nota:
"Outros" são também "aspectos" de nós próprios.
assim com nós seres humanos - Consciências individuais -
somos "aspectos" de Deus - CONSCIÊNCIA ÚNICA



e... 
...AGORA o momento chegou…
...e...relembrando, uma e outra vez...
 

“NÓS SOMOS AQUELES PELOS QUAIS TEMOS ESPERADO. 
OS NOSSOS CORPOS SÃO NAVES DE LUZ GALÁCTICA. 
Estamos assumindo os nossos papéis como Cidadãos Galácticos.
Somos aqueles pelos quais temos esperado nos céus.
Estamos aCHEGAR a Casa…
A nossa família galáctica é um aspecto superior de quem realmente somos.
Estamos incorporando os aspectos superiores das nossas Famílias Galácticas da Luz.
O primeiroCONTACTO não é algo externo a nós.
Nós somos o primeiro contacto.
Os Seres Galácticos são os nossos aspectos superiores, aspectos esses que nós estamos incorporando, ao nos tornarmos os Novos Humanos da Nova Terra.”